Afurada situa-se na margem esquerda do rio Douro, quase junto à Foz e tem uma área de 736.276 m2 e 6.500 habitantes.

 

De nome primitivo Furada, nos forais de D. Dinis de 1288 e de D. Manuel I em 1518, como sendo um areal próprio para a pesca à varga, nasce como povoação no século passado, sendo os seus primeiros habitantes oriundos das praias de Espinho, Ovar, Furadouro e Murtosa, que aqui chegados se dedicam a várias fainas de pesca, sendo a mesma a quase e única actividade económica do lugar de Afurada, da freguesia de Santa Marinha.

Afurada, começa então a ser bastante conhecida pela sua intensa actividade piscatória com fama predominante para a pesca da sardinha, com a construção das primeiras traineiras, e pesca do sável e lampreia, passando a ser o principal centro piscatório do concelho de Vila Nova de Gaia.

Como reconhecimento da sua importância como centro piscatório é dotada em meados do século XIX com um Bairro para Pescadores com 90 residências, uma Escola de Pesca, um Posto Médico, um Posto da PSP e um Posto da Guarda Fiscal.

Por influência das suas características naturais e diversificadas do resto do concelho, gera-se no início da referida década de 50 um movimento que culmina em 1952 com a elevação do lugar a Freguesia, que adopta como seu padroeiro S. Pedro, criando-se assim a freguesia e paróquia de S. Pedro da Afurada.

Todo este movimento tem como grande mentor o Padre Joaquim de Araújo, que só no início do ano de 1999 resignou ao cargo por motivos de saúde, vindo a falecer no dia 25 de Novembro do mesmo ano.

Após um significativo período de forte emigração piscatória para a marinha mercante Holandesa e Alemã, Afurada tem um salto económico significativo com o regresso desses emigrantes, pois são eles os grandes investidores numa frota renovada com criação de postos de trabalho.

 

Daí para cá, Afurada tem sido uma freguesia em constante crescimento, com grande predominância no sector pesqueiro, do qual dependem economicamente mais de 500 famílias.

Ao contrário do que muitos poderiam prever a frota pesqueira de S. Pedro da Afurada tem-se modernizado constantemente até aos tempos actuais, bem como tem sido dotada de várias infraestruturas de apoio à sua actividade.

 

Ao longo dos últimos 10 anos tem nascido na parte alta da Freguesia aquilo a que se poderá chamar uma nova Afurada, constituída por um núcleo de novas urbanizações de qualidade, hóteis e grandes superfícies comerciais, que no seu todo têm contribuído para o desenvolvimento da freguesia, e lançado novos desafios para a potenciar cada vez mais na importância que tem no contexto concelhio.

Afurada é hoje uma povoação estimada, altamente reconhecida pelo seu carácter hospitaleiro e pela sua beleza típica como centro piscatório.